No DF, alunos assistem a aulas com guarda-chuva por causa de goteiras



Alunos de uma escola do Distrito Federal assistiram a uma aula com guarda-chuvas, na tarde desta quarta-feira (11), devido às goteiras no local. O caso ocorreu no Centro de Ensino Fundamental 5, no Paranoá.
Durante a aula, um professor chegou a colocar um livro sobre a cabeça para evitar se molhar. As imagens mostram o forro totalmente quebrado. Segundo os alunos, a situação é a mesma desde o início do ano, e foi agravada pelas chuvas recentes

Em nota, a Secretaria de Educação afirmou que o prédio foi alugado há cerca de três anos, e que "o proprietário não realizou reparos estruturais necessários para solucionar problemas de infraestrutura no prédio".
No comunicado, a pasta diz que "está sendo providenciado um novo espaço para receber os estudantes". Apesar disso, não há prazo para que a mudança aconteça

Improviso

Nesta quinta (12), os estudantes foram transferidos para o refeitório da escola. Devido à falta de estrutura, muitos não conseguiram apoio para livros e cadernos.
Em contato com a TV Globo, a direção do colégio informou que o prédio do CEF 5 foi alugado em 2015 para atender à demanda crescente de alunos no Paranoá. O problema estrutural, segundo a coordenação, também afeta outras salas.
O prédio atende a cerca de 1,2 mil alunos dos ensinos fundamental e médio. Segundo a direção, o dono não fez os reparos necessários porque a Secretaria de Educação está devendo o aluguel.
Na nota enviada no fim da tarde, a secretaria reconhece a dívida de aluguel, e diz que "os valores serão pagos e estão em fase de liberação". Mais uma vez, não há prazo definido.


fonte g1 mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário