Joaquim Roriz é levado a hospital do DF com pneumonia e febre



O ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz, de 81 anos, foi diagnosticado com pneumonia na tarde desta quinta-feira (12). O político foi levado ao hospital Home, na Asa Sul, com febre alta e falta de ar.
Segundo o diretor da unidade, Cícero Dantas, exames de imagem confirmaram o quadro de infecção pulmonar. Como o quadro não exigia internação, o político foi liberado para voltar para casa, mas terá de continuar o tratamento com antibióticos. A alta médica foi confirmada por volta das 17h30.
Há três semanas, em 20 de março, Roriz foi levado à mesma unidade com tosse forte e vômitos. Por precaução, o ex-governador foi internado e submetido a avaliação médica. Ele recebeu alta no dia seguinte, mas os detalhes do caso não foram divulgados a pedido da família.

Saúde frágil

Em fevereiro, um laudo do Instituto Médico Legal (IML) elaborado a pedido da 2ª Vara Criminal de Brasília apontou que Joaquim Roriz tem mal de Alzheimer em estágio avançado e quadro de demência vascular. Na época, a família de Roriz pediu que "o momento da esposa e filhas do ex-governador" fosse respeitado.
Em agosto de 2017, o político passou por complicações relacionadas a outra doença crônica – o diabetes. Internado por conta dos problemas circulatórios, ele chegou a amputar dois dedos do pé esquerdo, recebeu alta e, dias depois, teve de amputar a perna direita na altura do joelho. Naquele momento, a família também evitou declarações à imprensa.


FONTE G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário