Vereadora Marielle Franco, morta no RJ, é homenageada em Brasília




Manifestantes do Distrito Federal e do Entorno fizeram um ato no fim da tarde desta quinta-feira (15) em homenagem à vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL). Ela foi morta a tiros na noite de quarta (14) dentro de um carro na capital fluminense.
De acordo com os organizadores, o ato reuniu cerca de 400 pessoas na praça Zumbi dos Palmares, região central de Brasília. Outras 10 cidades do país também programaram protestos.
"Historicamente têm nos matado. Infelizmente Marielle não será a última."
A frase da servidora pública Elaine Meirelles resumia o sentimento da maioria das mulheres que participaram da manifestação. Elaine conviveu com Marielle durante a última vez em que a vereadora esteve em Brasília, em abril do ano passado.
Elaine disse que juntas, elas participaram de uma reunião partidária para discutir a presença feminina em espaços de decisão e, principalmente, na política. "Marielle morreu por ser o que defendia, mulher preta, lésbica, da periferia", disse a servidora.

Velas e balões pretos

O ato em Brasília começou por volta das 17h30. Manifestantes se reuniram em torno do busto de Zumbi dos Palmares, líder do quilombo dos Palmares.
No chão, os participantes espalharam velas acesas e fotos da vereadora, em sinal de luto. Nas mãos, balões pretos e cartazes com dizeres que pediam por "justiça" e perguntavam "quem matou Marielle Franco?". O clima de comoção marcou todo o ato.

FONTE: G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário