Serviço do metrô no DF é normalizado 26 horas após descarrilamento




metrô no Distrito Federal voltou a funcionar normalmente às 11h15 desta quinta-feira (1º), informou a concessionária que administra as linhas. A normalização foi anunciada pouco mais de 26 horas após o descarrilamento de três vagões entre as estações Águas Claras e Arniqueiras.
Antes da liberação, testes de segurança foram realizados no local onde ocorreu o acidente.

Para que o trecho fosse recolocado em funcionamento, um guincho teve de recolocar os vagões nos trilhos. Este procedimento foi encerrado por volta das 2h30. Os vagões foram mandados de volta para a manutenção.
A partir daí, uma equipe entrou em ação para consertar os trilhos amassados pelo impacto do trem, que apresentou problema no sistema de freios.

O tamanho da espera

Antes de a operação do metrô ser normalizada, o tempo de espera por um trem passou de 5 para 22 minutos no horário de pico.
O motivo da demora é que somente um dos dois trilhos pôde funcionar na região. Assim, era necessário fazer um revezamento da passagem dos trens nas duas direções, em vez de dois simultaneamente

A velocidade no trecho também precisou ser reduzida, devido à presença da equipe de manutenção trabalhando nos trilhos.

Como ficou a cabine

Uma foto enviada ao  por um funcionário do metrô mostrou o estado da cabine do piloto após o descarrilamento. Na imagem, é possível ver o chão do trem – de aço e madeira – parcialmente destruído depois que a composição avançou sobre o parachoque que delimita a área de manobra.
Ninguém ficou ferido, pois o trem estava vazio. Pouco antes do descarrilamento, segundo informações dos funcionários do Metrô-df, a piloto do trem pediu que os passageiros descessem porque percebeu o problema nos freios.


FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário