Mãe é presa por ajudar homem a traficar drogas em escolas do DF



Uma mulher de 52 anos foi presa nesta segunda-feira (26) em Ceilândia, no Distrito Federal, suspeita de ajudar o filho a traficar drogas em escolas públicas da região. Na casa dela, a polícia encontrou 19 tijolos de maconha, 22 porções de haxixe, balança de precisão e facas usadas para cortar a droga.
O filho, Suelson Pereira, de 26 anos, era investigado desde o início do mês. De acordo com a polícia, ele era o principal traficante da região e já tinha duas passagens por tráfico de drogas. Pereira estava em liberdade condicional desde a semana passada.
Nesta segunda, logo após ser solto, ele foi flagrado vendendo drogas para um aluno em frente à Escola Classe 30, no P Sul. Segundo o delegado da 23ª DP, Victor Dan, as prisões anteriores não intimidaram Pereira.
"Ele é um traficante ousado. Essas escolas públicas ficam muito próximas à delegacia e à casa dele."
Os policiais tentaram abordar o suspeito no local, mas ele conseguiu fugir. A equipe foi, então, à casa da mãe, Vilma Aparecida Silva, onde encontrou as porções de drogas.
Vilma negou que ajudasse o filho na atividade, mas foi presa em flagrante. Ela deve responder por tráfico de drogas qualificado – o agravante, neste caso, é justamente a venda na proximidade de escolas.
Se condenada, a pena varia de 8 a 20 anos de prisão. O filho deve responder pelo mesmo crime mas, até as 15h30 desta terça (27), ele seguia foragido.

Tráfico em escolas

Victor Dan afirma que, desde o início do ano, a 23ª DP faz operações de combate ao tráfico nas escolas públicas do P Sul.
"Existe tráfico em escolas públicas e particulares, mas infelizmente as particulares não comunicam a polícia por terem medo de manchar a imagem da instituição", diz. Na rede pública, segundo ele, professores e diretores já se acostumaram a denunciar os casos.
O delegado explica, ainda, que grande dos investigados são usuários que não conseguiam mais sustentar o vício.

FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário