Grupo volta a bloquear DF-001, e via tem engarrafamento na volta para casa



Moradores do Assentamento 26 de Setembro em Taguatinga, no Distrito Federal, voltaram a bloquear acessos da via DF-001 na tarde desta sexta-feira (9). O trecho é o principal acesso entre Brazlândia e Taguatinga. Não houve registro de conflito nesse protesto e, segundo a Polícia Militar, o trecho foi liberado às 17h40.
O bloqueio foi montado com galhos, troncos de árvore e entulho, bem na ligação entre a DF-001 e a BR-080. Sem passagem, motoristas eram obrigados a pegar um retorno e seguir por Taguatinga, a caminho da BR-070. Por volta das 17h, uma grande fila de carros já se formava na região.
O grupo protesta contra a derrubada de casas construídas irregularmente na região (vídeo abaixo). Pela manhã, o Batalhão de Choque foi chamado e os moradores reagiram com pedras. Bombas de efeito moral foram lançadas pelos policiais.
A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) começou a derrubada das casas na quarta-feira (7), e os conflitos tiveram início na quinta (8). O Assentamento 26 de Setembro fica às margens da rodovia DF-001.

As casas, todas elas ainda em construção, ficam em uma área invadida, informou a Agefis. Ninguém vivia na invasão. De acordo com a agência, o Assentamento 26 de Setembro fica em uma região onde há grilagem de terras.
De acordo com a Polícia Militar, aproximadamente 300 manifestantes participaram dos atos pela manhã. "No início, todos estavam juntos, mas depois se dividiram em grupos de 30 pessoas", disse a PM. A tropa de choque usou as chamadas "munições químicas", menos letais, segundo a corporação, para dispersar as pessoas e o veículo blindado “Centurion” para desobstruir os obstáculos.
FONTE:G1 MUNDO


Nenhum comentário:

Postar um comentário