Em nove dias, choveu o equivalente a 54% dos 180 milímetros previstos para todo o mês. Até as 9h desta sexta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou volume de chuvas acumulado em 102,5 milímetros. Defesa civil emite alerta de chuvas intensas Por causa do tempo bastante chuvoso, que deve se prolongar ao menos até segunda-feira (12), a Defesa Civil emitiu alerta de chuvas fortes e intensas no Distrito Federal nesta sexta-feir




Zoológico de Brasília não poderá abrir as portas ao público enquanto durar a greve dos vigilantes iniciada no último dia 1º, decidiu o Tribunal de Justiça do Distrito Federal nesta sexta-feira (9). Segundo a sentença, a ausência dos trabalhadores pode representar risco aos animais abrigados no parque. Cabe recurso.
Com a decisão, o Zoo deve permanecer fechado, pelo menos, até a próxima segunda (11). tentou contato com a administração do parque, mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem.
A ação foi protocolada por defensores dos direitos dos animais e usa, como um dos argumentos, a morte do elefante Babu por suposto envenenamento, em janeiro deste ano. Ao acolher o pedido, o juiz da Vara de Meio Ambiente Carlos Frederico Maroja de Medeiros lembrou que a proteção jurídica à fauna é estabelecida pela Constituição.
"Do que consta dos autos, mesmo sob funcionamento regular do Zoológico, os animais já estavam expostos a risco de morte em decorrência de deficiência na fiscalização do local", diz trecho da decisão divulgado pelo Tribunal de Justiça. A íntegra do documento não tinha sido publicada no sistema eletrônico até o fim da tarde.
Além da proteção aos animais, o juiz diz que a ausência dos vigilantes também coloca os frequentadores do zoológico em risco. "Não se pode tolerar, em absoluto, o risco de novas mortes de animais ou de seres humanos no local, em decorrência de deficiência na segurança", afirma o texto.

Parques abertos

Também nesta sexta, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) anunciou que 14 parques do DF ficarão abertos neste fim de semana, mesmo com a greve dos vigilantes. Segundo o órgão, o apoio da Polícia Militar e a mobilização dos próprios servidores vão reforçar a segurança nos espaços.

Desde terça (6), 12 parques ficaram abertos entre 6h e 18h – quando a luminosidade é maior – e, segundo o Ibram, nenhuma ocorrência foi registrada nos espaços.

Confira a lista dos parques abertos à visitação neste sábado (10) e domingo (11):
  • Parque Ecológico Dom Bosco (Lago Sul)
  • Parque Urbano Bosque do Sudoeste
  • Parque Ecológico Ezechias Heringer (Guará)
  • Parque Ecológico Águas Claras
  • Parque Ecológico Saburo Onoyama (Taguatinga)
  • Parque Ecológico Olhos D’Água (Asa Norte)
  • Parque Ecológico Jequitibás (Sobradinho)
  • Parque Recreativo Sucupira (Planaltina)
  • Parque de uso múltiplo da Asa Sul
  • Parque de uso múltiplo do Lago Norte
  • Parque do Paranoá
  • Parque Ecológico Veredinha
  • Parque do Areal
  • Parque Urbano e Vivencial do Gama

Nove dias de greve

A paralisação dos vigilantes começou no último dia 1º e deve se estender, pelo menos, até o início da próxima semana. A categoria reinvidica, principalmente, o reajuste salarial de 3,10% e o aumento de 6,8% no auxílio-alimentação.
Em assembleias diárias, os vigilantes vêm decidindo manter os braços cruzados, em um movimento que foi declarado ilegal pela Justiça do Trabalho. O sindicato dos trabalhadores recorreu da decisão.
A negociação começou em janeiro. Desde então, as empresas propuseram medidas permitidas pela reforma trabalhista. Além disso, sugeriram pagar metade do vale-alimentação por meio de cestas básicas, mas a categoria recusou a proposta.

FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário