Cadastro biométrico: 5,8 mil eleitores do DF ainda não estão regularizados




O  Distrito Federal é a unidade da federação com menor índice de eleitores sem cadastro biométrico. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 5.864 eleitores estão com o título de eleitor irregular, o equivalente a 0,29% do eleitorado do DF, composta por 2.045.308 votantes.
Proporcionamente, nenhuma unidade da federação tem tão poucos eleitores em dívida. Essas pessoas, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF), já foram avisadas da condição de irregularidade. Elas têm até o dia 9 de maio para comparecer a uma zona eleitoral (veja no mapa o local do seu cartório) e efetuar o cadastro.
"Não existe possibilidade de adiamento do prazo", diz TRE.
Além de impedir o eleitor de votar em outubro, ficar com o título irregular impede, por exemplo, a participação ou posse de cargos em concursos públicos, a retirada de documentos e certidões e a obtenção de empréstimos.
A biometria é obrigatória para todos os eleitores, incluindo aqueles para quem o voto é facultativo, como analfabetos, jovens de 16 e 18 anos e pessoas acima dos 70.

Recadastramento geral

De acordo com o TRE, em Brasília, o cadastramento geral dos eleitores foi feito de uma só vez, entre 25 de fevereiro de 2013 e 31 de março de 2014. Mais de 1,6 milhão dos eleitores foram recadastrados no período - o equivalente a 89,2% do eleitorado da época.
Por essa razão, desde 2014, eleitores sem a biometria cadastrada tiveram o título cancelado. Aqueles que compareceram aos cartórios, mas não conseguiram fazer o cadastro – por problema na digital, por exemplo – permaneceram com o documento, mas em estado irregular.

Documentos necessários

Para fazer o cadastramento biométrico, são necessários os seguintes documentos::
  • Carteira de identidade (original), carteira de trabalho, certidão de nascimento ou certidão de casamento
  • Comprovante de residência do município onde vota, emitido até três meses anterior ao mês corrente e em nome do solicitante do serviço ou de seus pais (original) ou comprovante de residência de parente acompanhado de cópia da Carteira de Identidade e da Certidão de Nascimento do titular do documento (original).
  • Homens: comprovante de alistamento militar para os que têm 17 anos e completam 18 no ano corrente ou carteira de reservista para os maiores de 18 até 45 anos.
FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário