Aos 100 anos, padre Armando Brédice morre no DF



Aos 100 anos, o padre Armando Brédice morreu na tarde desta quinta-feira (15), em Brasília, por falência múltipla dos órgãos. Vigário da Paróquia Santa Teresinha, no Cruzeiro Novo, o religioso deu entrada no Hospital Santa Luzia em 2 de março com um quadro de pneumonia e sinusite.
Os locais e horários do velório, da missa e do sepultamento ainda não foram confirmados. Em nota, a igreja lamentou a morte do sarcedote.
"Sabemos que neste momento difícil, as palavras pouco confortam, mas na fé e com carinho, acompanhamos por meio de orações esse momento de dor."
Armando Brédice nasceu em 22 de agosto de 1917, em San Marco La Catola, na Itália. Há 35 anos na capital federal, o sarcedote recebeu o título de Cidadão Honorário de Brasília.

Padre Armando fazia parte da Congregação dos Servos da Caridade, grupo que tem como objetivo o cuidado e a evangelização de comunidades pobres e orgulhava-se de ter ajudado a fundar a Paróquia Santa Teresinha.
No ano passado, durante a celebração de seus 100 anos, ele recebeu homenagens e um jantar, que foi realizado pela comunidade que frequenta a igreja. Mesmo com dificuldades motoras, o aniversariante presidiu uma missa no dia da comemoração. Estiveram presentes 19 padres e 5 bispos, entre eles Dom Sérgio da Rocha, cardeal arcebispo de Brasília.


FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário