Alunos cobram diploma de faculdade investigada em Taguatinga; direção nega problemas



Sistema Integrado de Educação Taguatinga Sul (Siel) respondeu, nesta quarta-feira (28), às acusações de estudantes divulgadas pela TV Globo nos últimos dois dias quanto ao atraso na entrega de diploma de cursos superiores. Segundo a investigação, a faculdade particular estaria oferecendo cursos superiores sem autorização do Ministério da Educação.
Um dos denunciantes é o ex-aluno do Siel Emilvan da Silva Coelho. Ele conta que cursou Educação Física durante dois anos no instituto, mas até hoje não recebeu o diploma - que deveria ter chegado em agosto de 2016.
"Eu me sinto lesado. Tirei 7 mil reais do meu bolso, sofrido suado e hoje eu me sinto uma pessoa lesada".
Segundo o MEC, o Siel não está cadastrado como instituição de ensino superior, mas tem permissão para atuar em convêncio ou parceria com outras instituições credenciadas. A pasta informou, porém, que a parte acadêmica não pode ser terceirizada.
O MEC diz ainda que a faculdade até entrou com um processo de credenciamento para os cursos de gestão, mas o pedido ainda não foi homologado. O ministério reiterou que "nenhuma instituição pode oferecer curso superior sem credenciamento", e que a faculdade será notificada.
Nesta quarta-feira (28), o instituto enviou uma nota de esclarecimento à TV Globo.

Confira a íntegra do comunicado:

"O grupo Siel vem à público esclarecer que a Factsiel, assim como outras instituições, é umas das faculdades que está inserida no grupo, porém não atua com certificação nos cursos a que se propõe no pedido de credenciamento, conforme processo em andamento junto ao Mec. Informamos ainda que o site referente à Factsiel, foi criado na ocasião do credenciamento, portanto esses cursos ainda não estão ativos.
Viemos esclarecer também, que o grupo Siel tem parcerias com várias outras associações, empresários e faculdades, dentre elas: laureate international university brazil - Ead, grupo que integra faculdades como: Anhembi Morumbi, Universidade Potiguar, FMU, IBMR, Fadergs, entre outras faculdades renomadas no Brasil. O grupo Siel também tem como parceira a faculdade de patrocínio – fap, para certificação dos cursos de pós graduação, funcionando como pólo ativo da faculdade como pode ser comprovado acessando o site do Emec. Entre outros parceiros da faculdade estão órgãos como a Aojus e Sindijus, conforme documentos comprobatórios anexos.

Informamos também que ministramos cursos de extensão, levando em consideração que a extensão não é graduação, mas considera-se um curso superior "Lei 9.394.96 art. 43 44". A sua posição dentro do sistema educacional está logo após o ensino médio e anterior à graduação. Também são oferecidos cursos de capacitação e qualificação amparados pela fundamentação legal: lei n° 9394/96, art. 39, inciso I, art. 67 e 87, inciso iii e regulamentado pelo Decreto n° 5.154/2004, art 1° inciso I e pelo parecer n° 64/2004 do cedf.
O grupo Siel informa que já tomou as providências cabíveis no que se refere à responsabilizar pessoas e grupos que se utilizam do nosso nome para veicular e oferecer serviços sem o nosso conhecimento.
Sem mais, colocamo-nos à disposição da comunidade, alunos e parceiros, bem como da imprensa, para maiores esclarecimentos."


FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário