Obras da ligação Torto-Colorado alteram trânsito na DF-003 neste domingo




O trânsito na saída norte do Distrito Federal será alterado neste domingo (4) para implosão de rochas nas obras da Ligação Torto-Colorado e do Trevo de Triagem Norte. A detonação está prevista para as 16h e deve durar cerca de meia hora.
A partir das 15h40, um trecho de 5,2 quilômetros entre os Balões do Torto e do Colorado, na DF-003, ficará interditado nos dois sentidos. As vias adjacentes, que dão acesso às áreas próximo à rocha, estarão fechadas às 15h25.
Moradores e comerciantes em um raio de até 300 metros do ponto da detonação deverão deixar estabelecimentos e casas e seguir para pontos seguros de apoio, predeterminados pelo governo. Eles vão receber notificação sobre o procedimento, segundo informou o Departamento de Estradas de Rodagem do DF.
Residências e chácaras precisam ser desocupadas a partir das 14h45, e o comércio em geral, a partir das 15h.

Rotas alternativas

Com a mudança temporária, os motoristas que quiserem acessar a parte norte do DF devem escolher outras rotas. Para chegar a Planaltina, a Sobradinho ou aos condomínios nas regiões, será preciso contornar pelo Varjão, pelo Lago Norte e pelo Paranoá, sentido Balão do Colorado.
Quem estiver em São Sebastião ou no Jardim Botânico, por exemplo, poderá passar pela Barragem do Lago Paranoá e seguir pelo Itapoã, no sentido do Balão do Colorado. Se o ponto de partida for Brazlândia, pode-se pegar a DF-430 até a DF-001, que dá acesso ao balão. O trajeto inverso servirá para condutores que saírem de Sobradinho ou de Planaltina.

Ligação Torto-Colorado

O Trevo de Triagem Norte é composto por 16 obras, entre pontes, viadutos e túneis. O objetivo é distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, ao Eixão Norte e Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2. Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado – construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios –, serão 28 intervenções.
De acordo com o governo do Distrito Federal, as benfeitorias vão custar R$ 207 milhões. Desse valor, são R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do GDF e R$ 10 milhões da Terracap.

FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário