Estoques da vacina BCG estão zerados na rede pública do DF, diz governo



Os estoques da vacina BCG – indicada para prevenir a tuberculose – estão zerados em todos os postos de saúde do Distrito Federal, informou a Secretaria de Saúde nesta terça-feira (6).
A secretaria alega que o Ministério da Saúde, responsável pela compra, não faz o repasse desde janeiro; o  aguarda posicionamento da pasta. A reposição deve ocorrer após carnaval. Até lá, há estoque apenas na rede privada. A dose custa até R$ 100, dependendo da clínica.
"Desde janeiro, os estoques deste insumo estão zerados e o ministério formalizou este atraso na entrega por meio de circular. A pasta federal prevê que os estoques estejam repostos logo após o Carnaval."
Por falta de demanda, por ser que algum posto de saúde ainda tenha vacinas remanescentes, informou a secretaria. A recomendação é que os usuários do sistema público busquem a unidade de saúde mais próxima para obter informações sobre estoque.

Qual é a BCG?


A BCG (Bacilo de Calmette-Guérin) é uma das primeiras vacinas a serem tomadas na vida – é aquela que deixa uma marquinha no braço. A imunização previne contra a tuberculose, principalmente em suas formas mais graves, como a meningite tuberculosa e a tuberculose miliar.
A recomendação do Ministério da Saúde é que seja aplicada logo após o nascimento ou antes que o bebê complete o primeiro mês de vida. A vacina não pode ser aplicada em recém-nascidos com menos de 2 quilos.

FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário