Eixão Sul fica interditado até dia 19, diz Rollemberg; GDF prevê plano emergencial




O Eixão Sul ficará completamente interditado, pelo menos, até o próximo dia 19, informou nesta terça (6) o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB). O prazo servirá para a limpeza da área e a realização de perícias técnicas. Segundo ele, um plano de mobilidade emergencial será organizado para diminuir os impactos do desabamento de parte da viano trânsito.
Até o fim da tarde, esse plano de emergência ainda não tinha sido concluído. A comissão criada para avaliar os riscos e os próximos passos na área atingida envolve diversos órgãos do governo do DF, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e especialistas da Universidade de Brasília (UnB).
A demolição total do viaduto não está descartada. Até as 18h20, técnicos da Defesa Civil ainda avaliavam a estrutura que se manteve em pé na Galeria dos Estados. Durante todo o dia, imagens feitas pelo Globocop, pelo G1 e pela TV Globo mostraram rachaduras nos pilares "sobreviventes".

Volta pra casa

O desabamento de parte do Eixão Sul na altura da Galeria dos Estados, no Distrito Federal, alterou a dinâmica do trânsito na área central de Brasília

.
Segundo a Polícia Militar e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), o Eixão Sul deve ficar completamente interditado – do Setor de Autarquias à Saída Sul. As obras de reconstrução, segundo o DER, devem levar 6 meses.
O Eixão Norte seguia aberto até o fim da tarde mas, a partir do Buraco do Tatu, os motoristas eram obrigados a desviar para algum dos eixos laterais ("eixinhos") da Asa Sul, passando pelo Setor de Autarquias. Até as 18h, não havia registro de acidentes de trânsito relacionados aos desvios.mpletamente interditado – do Setor de Autarquias à Saída Sul. As obras de reconstrução, segundo o DER, devem levar 6 meses.
Por conta da interdição, o Metrô do DF anunciou extensão do horário de pico. Até as 20h30, os 24 trens serão colocados em circulação nesta terça. O atendimento na bilheteria das estações Central e Galeria também será reforçado pelo mesmo período.
Segundo o Metrô, as estações da área central não foram afetadas pelo desabamento, porque estão a mais de 100 metros de distância do trecho atingido Os horários de pico da manhã e da tarde podem ser estendidos nos próximos dias, "desde que haja demanda".
No fim da tarde, a Secretaria de Mobilidade informou que, até aquele momento, não tinha nenhuma previsão de ampliar os serviços de ônibus nas linhas que seguiam, originalmente, pelo Eixão Sul.

fonte:g1 mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário