Comportas da barragem do Lago Paranoá, no DF, são abertas pela CEB






A Companhia Energética de Brasília (CEB) determinou, na manhã desta quinta-feira (8), a abertura das comportas da barragem do Lago Paranoá. A sirene de alerta para a população ribeirinha foi acionada por volta das 10h30, para que elas saíssem do caminho da água.

O procedimento de abertura começou às 10h50 e se encerrou antes das 11h . Foram abertos 10 cm em cada comporta, com vazão de 20 mil litros por segundo. O Corpo de Bombeiros informou que a água foi liberada "para dar alívio à pressão do lago"

Após as fortes chuvas em Brasília, o nível do lago atingiu 1.000,65 metros, segundo a última medição da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa), na quarta-feira (8). O limite da barragem é de 1.000,80 metros.

Sinal de alerta

A medida foi tomada na mesma semana em que o Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF (Sinduscon) alertou para risco de desabamento na estrutura – segundo o relatório, a barragem foi construída para conter a água do lago, não para receber tráfego de carros.
A CEB, órgão que administra a barragem, descartou que haja relação entre o relatório e a abertura das comportas. "A CEB Geração deve abrir as comportas para que a cota máxima do lago não ultrapasse 1000,80 metros", informou a empresa, por meio de nota.
A barragem do lago foi inaugurada em setembro de 1959, a partir do represamento do Rio Paranoá. As comportas não eram abertas desde 2016.

'Sem riscos'

O governo do Distrito Federal nega que haja risco de desabamento na barragem. A vistoria da barragem "é feita de forma rigorosa e atendendo à legislação", segundo o secretário da Casa Civil do DF, Sérgio Sampaio.
O GDF ainda emitiu nota dizendo que "não há risco de rompimento" e afirmando que a estrutura foi fiscalizada em 2017 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
O assunto ganhou repercussão depois do desabamento de parte do viaduto do Eixão Sul, na terça-feira. No domingo, parte do estacionamento de um prédio na Asa Norte caiu sobre 23 carros.

FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário