Carro da PM capota durante perseguição em Ceilândia, no DF




Um carro da Polícia Militar do Distrito Federal capotou por volta das 9h30 desta terça-feira (27) na entrada da BR-070, na altura da QNR 5, em Ceilândia Norte, durante uma perseguição.
Segundo policiais que participaram do resgate, havia três militares no veículo. De acordo com a corporação, dois policiais do 10º Batalhão da PM, em Ceilândia, ficaram machucados. Eles sofreram escoriações leves e foram encaminhados ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Não houve registro de outros feridos.
Os militares do carro que capotou pretendiam prender os suspeitos de um furto a residência em Brazlândia. Depois do acidente, os responsáveis pelo crime foram detidos por outra equipe do mesmo batalhão e encaminhados à 24ª Delegacia de Polícia, no Setor O de Ceilândia

O modelo acidentado é uma Mitsubishi Pajero, marca que registrou diversas ocorrências nos últimos anos 

Histórico

Esta foi ao menos a terceira capotagem de um carro da PM no Distrito Federal neste ano. Em 27 de janeiro, uma viatura perdeu o controle após bater um carro na QNL 16, em Taguatinga Norte. Um policial teve escoriações leves.
Em 16 de janeiro, uma Pajero – carro da mesma marca do que capotou nesta terça – capotou sozinho em um trecho da BR-020 no sentido Plano Piloto-Planaltina. Dois militares estavam no interior da viatura e ficaram gravemente feridos.

Carros perigosos

Segundo dados da própria PM, em 2017, houve sete capotagens no trânsito do DF envolvendo veículos da corporação – os dados não especificam qual era o modelo desses carros.
Em 2016, pelo menos seis carros do tipo Pajero capotaram. Entre abril de 2012 e fevereiro de 2016, houve acidentes com 20 carros desse mesmo modelo no DF. Ainda assim, a PM disse que estudos apontaram que não há nenhum problema em usar este modelo como viatura policial – por isso, os carros continuam em circulação.
A PM ganhará, em breve, novas viaturas: são 209 carros do modelo Toyota Corolla. Eles devem chegar até junho. Cada um deles custou R$ 117 mil, já equipado com rádio digital, GPS, sirene de grades. O investimento foi de quase R$ 35 milhões.


FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário