Garis coletam dez toneladas de lixo, no DF, após festas de réveillon

Funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) do Distrito Federal promoveram uma força-tarefa na manhã desta segunda-feira (1º) para retirar o lixo deixado na Esplanada dos Ministérios, na Prainha, no Parque da Cidade, no Setor de Clubes e na Torre de TV, após as festas de réveillon. Ao todo, dez toneladas de resíduos foram coletadas dessas regiões.
Segundo o SLU, a operação começou às 6h. Por volta das 11h, boa parte do lixo já estava acomodada em sacos plásticos. No total, 210 servidores foram empregados.
Nas celebrações de 2017, a quantidade de lixo recolhida foi menor: oito toneladas. De acordo com o Serviço de Limpeza Urbana, 140 garis trabalharam durante a operaçãoa. Na época, a orla não estava inclusa na lista de espaços para a limpeza especial de início do ano, afirmou o órgão.

Neste ano, somente na Esplanada, a festa de Ano Novo reuniu 40 mil pessoas, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. Na Prainha dos Orixás, a estimativa de público foi de 4,5 mil. As duas festividades contaram com o apoio do governo do DF.
Na festas públicas para a passagem de ano em Brasília não foram registradas ocorrências graves, informou a Polícia Militar. Apenas um adolescente que tinha o mandado de busca e apreensão em aberto acabou apreendido.
O gasto total com as festas de réveillon – estrutura, contratações e chamamento de artistas locais – foi de R$ 1.965.327,60.


Nenhum comentário:

Postar um comentário