Agricultores familiares poderão vender alimentos para lanches em programas do GDF






Agricultores familiares poderão vender alimentos para lanches servidos em eventos educativos do governo do Distrito Federal. Os interessados em comercializar produtos como pão de queijo congelado, biscoito de polvilho e polpa de fruta podem se inscrever até o dia 6 de fevereiro.
Segundo o GDF, serão investidos R$ 104 mil na compra dos produtos que serão adquiridos com dispensa de licitação, por meio do Programa de Aquisição da Produção da Agricultura (Papa-DF). Os alimentos serão oferecidos em projetos promovidos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF).

De acordo com a Secretaria de Agricultura, caso o interessado produza apenas parte dos itens listados, ou não consiga atender às quantidades solicitadas no edital, ele poderá apresentar proposta para fornecer apenas parte dos produtos.
Agricultores do DF terão prioridade durante a seleção, assim como os grupos formais de produtores terão preferência sobre os participantes individuais. Não ter contrato firmado por meio do Papa-DF no último ano também pode contar para a escolha, explica a secretaria.
O preço pago pelos alimentos inclui as despesas com frete, logística de distribuição, encargos, recursos humanos e materiais. O edital com as regras para a seleção, está no site da Secretaria de Agricultura.


FONTE:G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário