Agente da Polícia Civil do DF é preso suspeito de fraudar concursos no Nordeste


Um agente da Polícia Civil do Distrito Federal foi preso pela Corregedoria da instituição nesta segunda-feira (15) suspeito de fraudar 11 concursos públicos na Paraíba, no Rio Grande do Norte e no Piauí. Ele foi detido em Samambaia.
O policial estava lotado na 15ª DP (Ceilândia Centro). Ele foi alvo de prisão preventiva – por tempo indeterminado.
Apesar de trabalhar em Brasília, a participação dele em concursos no DF ainda é investigada, afirmou a polícia. A operação "Sem barreiras" ou "Gabarito" também ocorreu de forma simultânea em Pernambuco, Piauí e Paraíba.
“O policial preso no Distrito Federal atuava como um dos principais professores da Organização Criminosa, responsável pela resolução de provas da área de direito, em especial direito penal, processual penal, constitucional, administrativo”, declarou o delegado Lucas Sá, à frente das investigações na Paraíba.
A atuação do policial civil do Distrito Federal havia sido detectada no concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte. O delegado afirmou que chegou a pedir por duas vezes a prisão preventiva à Justiça da Paraíba, mas os pedidos foram negados.
O suspeito permaneceu em liberdade, trabalhando normalmente desde o início da operação, e só foi preso nesta segunda-feira, por ordens da Justiça do Piauí.

FONTE: G1 MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário