Agefis lacra obras de prédio condenado em Vicente Pires, no DF

Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) interditou, nesta segunda-feira (18), as obras de um prédio na Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires. Segundo o órgão, a construção tinha oito pavimentos, e ainda não tinha recebido nenhum morador. Não houve registro de conflito no local.
De acordo com a Agefis, a obra já tinha sido embargada, e a construtora, intimada a demolir o empreendimento. Ao todo, a agência contabilizou mais de R$ 15 mil em multas aplicadas.

Os pedidos de interrupção foram desrespeitados, e as obras continuavam a ser executadas no local. Nesta segunda, equipes da Agefis "emparedaram" as principais entradas do prédio com tijolo e cimento, e soldaram os portões de metal.
Essa iniciativa de lacrar o prédio, segundo a Agefis, serve para impedir que as obras continuem, e que as unidades residenciais sejam habitadas. A partir de agora, o governo e os responsáveis pelo prédio continuam a negociar o futuro da obra – a demolição ou a regularização do projeto, por exemplo. De acordo com a Agefis, todos esses custos podem ser cobrados do proprietário do local.


Nenhum comentário:

Postar um comentário