Multas de trânsito poderão ser pagas com cartão a partir de dezembro, diz Detran-DF

Motoristas do Distrito Federal poderão usar o cartão de crédito ou de débito para pagar as multas de trânsito a partir de dezembro. A informação é do Departamento de Trânsito (Detran) que atendeu medida implementada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nesta quarta-feira (18).
Segundo o diretor de Controle de Condutores e Veículos, Uelson Praseres, a nova modalidade de pagamento deve começar a valer a partir da segunda quinzena de dezembro. O valor das multas também poderá ser parcelado, mas com a devida cobrança de juros feita pela operadora do cartão. A regularização do veículo será imediata, sem necessidade de esperar o depósito da última parcela.
Em todo o país, cada órgão de trânsito – Detran, prefeituras, Polícia Rodoviária, Der e Dnit – ficará responsável por habilitar as empresas de cartões. A medida não é obrigatória.
“A resolução trouxe uma parceria técnica operacional. Os órgãos poderão homologar ou credenciar empresas com bandeiras reconhecidas pelo Banco Central. A partir disso, o Detran faz a chamada e vê quem quer participar, dentro das nossas condições”, explicou Praseres.

Praticidade

Quando a novidade começar a valer, os motoristas poderão fazer o pagamento pela internet, diretamente no site do Detran, ou de forma presencial. “As operadoras [de cartão] vão poder montar bases nos departamentos do Detran", disse Praseres.
"O débito passa para a empresa do cartão e as cobranças serão feitas a partir da relação da bandeira com os consumidores."

CNH digital

A CNH Digital também deve estar disponível para os motoristas do DF até o final do ano, segundo o Detran. De acordo com o diretor de Controle de Condutores e Veículos, Uelson Praseres, o órgão aguarda apenas a confirmação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para liberar as conversões.

“Quando a pessoa for obter a CNH ou quiser obter a versão digital, ela vai ter a opção de escolher a carteira no papel, no papel e digital ou só digital”, explica. Os motoristas vão poder solicitar a nova versão pela internet ou pessoalmente.
Praseres disse ainda que a CNH Digital é uma forma de facilitar a vida dos motoristas. “As vezes você troca de carteira e esquece os documentos, mas o celular ninguém deixa em casa. Isso evita constrangimento, a retenção de veículo e multas."
"No entanto, vale lembrar que não dá para desprezar o papel."

Nenhum comentário:

Postar um comentário