Matrícula de novos alunos na rede pública do DF vai até esta segunda

Famílias do Distrito Federal têm até a próxima segunda-feira (23) para matricular novos alunos na rede pública de ensino da capital. A inscrição pode ser feita pela internet ou no telefone 156, opção 2. Depois, o responsável precisa ir à escola para efetivar a matrícula e apresentar a documentação exigida.
Até esta quarta (18), a Secretaria de Educação já contablizava 23 mil novos pedidos de matrícula. Quem já é aluno da rede pública teve apenas de confirmar a continuidade dos estudos, nas próprias escolas – esse prazo já terminou.
A inscrição online foi implementada neste ano. Quem não tem acesso à internet pode recorrer a terminais de atendimento nos postos do Na Hora . Por telefone, é preciso ficar atento aos horários de funcionamento da central: de segunda a sexta, de 7h às 21h, e nos fins de semana, de 8h às 18h.
No momento da inscrição, o pai ou responsável precisa informar:
  • Nome completo do aluno
  • Data de nascimento
  • CPF do aluno
  • Série que vai cursar em 2018
  • CEP da residência ou trabalho do responsável – que vai determinar a escola mais próxima com vagas

CPF obrigatório

A partir deste ano, todos os alunos do 1º ano do fundamental ao 3º ano do ensino médio terão de informar CPF no ato da matrícula. De acordo com a Secretaria de Educação, a medida se destina a "incentivar os pais a emitir o CPF dos filhos, o que lhes permitirá ter acesso a vários benefícios, como o Passe Livre Estudantil".
O documento pode ser feito pelas entidades conveniadas da Receita Federal: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios (incluindo os postos nas unidades do Na Hora de Taguatinga e do Gama). Nesse caso, é cobrada uma taxa de R$ 7.
No site da Receita Federal, qualquer pessoa pode emitir o CPF de graça, mas é preciso ter título de eleitor em situação regular.

Desde 2015, os cartórios de registro civil do Distrito Federal emitem certidões de nascimento com o CPF incluído. Neste ano, o documento também começou a ser exigido para dependentes a partir de 12 anos nas declarações do Imposto de Renda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário