Agefis retira 17 barracos que ocupavam área pública do Noroeste, no DF

Uma operação da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) retirou 17 barracos que ocupavam irregularmente a Aris Cruz, uma área considerada de regularização de interesse social, no Noroeste, em Brasília. A ação foi na tarde desta terça-feira (17). Ninguém foi preso.
Segundo a Agefis, a ação já estava programada mas, durante a operação, os agentes constataram mais moradias irregulares do que o previsto. A vistoria foi realizada e, de acordo com a agência, uma nova ação "acontecerá em breve". O  questionou mas a Agefis não confirmou a extensão da área ocupada.
Os barracos improvisados são de catadores de materiais recicláveis que já tinham sido retirados do local em abril deste ano. Na época, as 70 famílias reivindicavam a inclusão no cadastro habitacional do governo e um terreno para fazer a separação do material.

Área pública

Para fazer derrubadas de áreas e obras irregulares no DF, a Agefis considera o artigo 178 do Código de Edificações. De acordo com a normativa, para irregularidades identificadas em áreas públicas, a Agência tem aval para ação imediata. Nestas situações não está previsto nenhum tipo de aviso prévio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário