Senadores dos EUA lançam projeto para proteger procurador especial

Dois senadores dos Estados Unidos apresentaram nesta quinta-feira (3) um projeto destinado a proteger o procurador especial Robert Mueller, que enfrenta crescente pressão do governo por sua investigação sobre o eventual conluio da equipe de campanha de Donald Trump e a Rússia.
O texto, elaborado pelo democrata Chris Coons e o republicano Thom Tillis, tenta resguardar Mueller de possíveis pressões do Executivo.
Segundo o projeto, o procurador especial poderia impugnar na justiça uma eventual destituição sem fundamentação, a fim de "garantir a independência de sua investigação", indicou Tillis em um comunicado.
Em outro comunicado, Coons ressaltou que o texto tenta "assegurar que o procurador não seja afastado indevidamente" de seu trabalho.
Mueller, respeitado ex-diretor do FBI, lidera uma investigação sobre um eventual conluio entre a equipe de campanha de Donald Trump e a Rússia durante a eleição presidencial americana de novembro de 2016.
Trump nega tais vínculos, e seu governo mantém atualmente uma relação bastante tensa com Moscou.
Para o trabalho, Mueller reuniu uma equipe de investigadores, acusada pelo presidente de difundir "fake news".


Nenhum comentário:

Postar um comentário